Thursday, April 22, 2010

Mais curtinhas (longas) ou pra encheção de Linguiça

Vontade de pôr trema em linguiça, preguiça, cinquenta, pinguim...

Final de semana que passou, a cantora-perfomática-e-que-seja-o-que-definir norte-americana Lady GaGa fez dois shows no Yokohama Arena (sim, o mesmo lugar que o ídalo-mor da autora aqui fez em 2007). Metade de meus conhecidos foram, com ingressos disputado no tapa, horas de insônia pra tentar via internet. No dia seguinte disseram para mim que o show foi muito bom, muito lotado. Eu acho que esqueci de falar pra eles darem uma lida antes nos meus dois artigos do ano passado: "Lições de quem vai a um concerto qualquer" (quando fui pela terceira vez no show do Masaharu Fukuyama) e "The Dark of The Matineé" (quando fui no show do quarteto escocês Franz Ferdinand).

Bem, pensando melhor, foi bom eles nem terem dado uma espiada (pois se nem a autora aqui aprendeu, né....)

********************************************************************
Depois que namorido kinguio volta pra casa duas vezes por mês (ou dependendo da leitoa rosada aqui que vai pra lá), decidi tentar perder alguns quilos extras que ganhei. Decisão tomada depois que duas calças sociais que antes entravam meio que puxando, acabaram nem passando nas coxas, se bem que me entenderam. Comecei a caminhar. De casa pra estação. Lembra que falei que, dependendo da disposição levo cerca de 50 minutos andando? Como o tempo não está tããããão quente como pensei, pelo menos não passo calor. Mas isso não quer dizer que dentro da minha bolsa não tenha além de tudo, uma camisa, desodorante, lencinhos úmidos e meus sapatos pra trabalho, o qual troco quando chego na estação. Ou pensaram que ando de salto alto 50 minutos direto???

Comparação besta, mas pelo menos quatro dias tirei a prova: de casa até a estação de trem, ouvindo música sem ter que mudar, dá o álbum inteirinho de "Drink! Smap!" do começo ao fim ou o "Best of" da Cyndi Lauper, ambos no meu iPod. Se um dia acontecer de ouvir tudo e voltar para a primeira música, sinal que algo está errado... Mas, se um belo dia, me pegarem cantarolando de cor e salteado a dita "Sekai ni Hitotsu dake no Hana" e dançando "Girls Just Wanna Have Fun" na plataforma da estação, o menos avisado vai me internar.

*********************************************************************
Uma das coisas que me deixa indignada , é o fato de alguns conterrâneos nossos que aqui residiram não terem consciência das consequências dos atos que causaram. Como se não bastassem abandono de objetos, de carros, de animais de estimação, também de contas a pagar, como aluguel, telefone, prestações...

Como disseram meus colegas e participantes do mundo da blogsfera: quem faz tudo certinho, acaba pagando pela c****a dos outros ( desculpe, mas não encontro outra palavra adequada pra isso). No nosso caso (meu e do namorido kinguio), foram as dificuldades de encontrar o primeiro apertamento, de comprar um carro, e agora procurar um outro apertamento.

Muita gente não sabe, mas atualmente muitas empresas, especialmente de telefonia aqui, estão tentando correr atrás do prejuízo. Que até os próprios habitantes da ilha também fazem, claro, ninguém é 100% perfeito, mas eles sabem que existe uma "lista negra", e uma vez nesta lista, ficam impossibilitados de adquirir uma linha telefônica, de ter um cartão de crédito, de financiar um carro ou casa própria...

Algo que muitos estrangeiros não sabem disso. Inclusive algumas empresas daqui estão recorrendo até acordo com o famoso (e temido) Serviço de Proteção ao Crédito. Muita gente acha que não se pode fazer cobrança de uma dívida internacional, mas experimente ficar devendo numa operadora de cartão de crédito internacional como o Amex ou Visa e depois me contem. Mas como existem pessoas descrentes e se acham invulneráveis como o Super Homem, saibam que até os super heróis também ficam suscetíveis a um ponto fraco (um dia desses farei um post sobre isso).

*******************************************************************
Pra ver como ando bem atualizada: já começou o circo da Fórmula Um, faltam alguns meses para a Copa na Africa do Sul, Brasília faz 50 anos (mas sem show do Rei Roberto e do Sir Macca, que cancelaram por motivos, bem, políticos), e aqui estamos na primavera, mas está parecendo inverno, afinal, sábado de manhã até dizem que nevou!

*******************************************************************
Muito se falou do vulcão islandês que quase parou os voos de todo o mundo né? Até os aeroportos voltarem a rotina normal...

*******************************************************************
Se estou assistindo doramas desta estação? Bem que eu queria acompanhar, mas fator trabalho-horário que chego em casa - dia que não coincide, vai me fazer torrentar tudo. Tenho duas que quero assistir: "Mother" e "Moon Lovers". Detalhe: a segunda novela só entrará no ar dia 10 de maio, depois do Golden Week...

E isso porque realmente hoje estava sem inspiração pra nada. Esses dias de tempo estranho e eu naquele estado que "nessas horas queria ter nascido homem", matam a inspiração de qualquer uma.

7 comments:

  1. E conseguiu encontrar algum apartamento? E a caminhada já está apresentando algum resultado? Eu adoro fazer caminhadas quando estou no interior mas aqui onde moro não me animo muito não!

    ReplyDelete
  2. Com esse lance dos trabalhos da pós deixei a caminhada de lado. Apesar que espero ter que voltar logo. No Japão eu emagreci pelo trabalho mesmo, carregava peso, definhei e cheguei aqui recuperei tudo e mais um pouco rs. Sobre os dekas que fodem todo mundo q ficou ai concordo com vc. Nesse sentido sou Caxias demais, acho que nesse e em todos os sentidos rs... Quando fui na Softbank encerrar a conta dos dois celulares a mulher nem acreditou rs. Disse que é raro alguém ir até lá pra pagar. E a gente tinha uma parcela de 2 anos por causa do aparelho. Paguei tudo e fui embora. Não reclamo, porque paguei minhas dívidas e chegando aqui recebi o q eu paguei de imposto. Nada mais justo. Isso que eu sinto falta do Japão. Justiça. Não se preocupe, quando menos vc esperar vcs conseguirão um apato...

    Kisu!

    ReplyDelete
  3. Desabafando, quanto aos apertamentos, estou vendo aos poucos. A cada quinze dias sai um livrão que traz vários em diversos lugares. Mas a gente consegue, pode ter certeza! Como nossa intenção é pra depois de agosto, primeiro preciso fechar a mão pra ter que pagar para sair de um e alugar outro...
    Quanto as caminhadas: se nos dias que eu estava de folga, andava mais do que ando só pra "bater perna", por que nao ir de casa até a estação?
    Resultado: primeiro dia, dor nas pernas. Cinco dias depois: um quilo a menos. rs
    Beijao!

    Bah, ainda bem que vocês fizeram a coisa certa: pagaram todos os impostos em dia, quitaram tudo o que tinha que quitar para voltarem de vez. Os frutos colhidos foram muito bons. Muita gente reclama de pagar o shakai hoken porque vai uma boa parte do salário, mas muita gente se esquece de que, quando vai embora de vez, consegue um bom retorno.
    Quanto a perder peso... quando trabalhei tres anos na Fuji Xerox, eu cheguei a perder cinco quilos, o que assustou o namorido. O serviço era corrido, carregava peso também, so que depois que comecei a trabalhar em escritório, ganhei o que perdi e mais um pouco.
    Ah sim: o apertamento como disse, estou procurando aos poucos rs
    Beijao!

    ReplyDelete
  4. Foi bom esse toque! tem muita gente aqui achando que pode fazer o que quer...e ainda conta vantagem disso. Afff dá ate NOJO ouvir certas conversinhas...

    E os bons pagam pelos maus. Eh lamentável.

    Kiyomi, vou ter que te copiar. Tb preciso URGENTE caminhar, fazer exercício. Putz, como EMBUCHEI nesse inverno. Eu acho que engravidei, não é possível. E pelo visto a gravidez tá adiantada, pq o tamanho da barriga...

    Eu lembro q engordei mto qdo trabalhei em um determinado escritório... não pelo fato de ficar parado, mas pelo ambiente. Eu me sentia sufocado, pessoas venenosíssimas, o ambiente era umbralino. Fiquei quase depressivo.

    Boa sorte com o apato viu. Tomara q vcs consigam um bom apato. aliás, vcs vão conseguir. Dá pra ver q vcs são pessoas honestas, que não merecem pagar pelo erro de muitos.

    se cuide minha amiga! bom descanso

    ReplyDelete
  5. Alexandre, o tempo hoje foi uma maravilha: sempre assim, folgo e cabrum! chove! Nem deu coragem de sair de casa. O jeito foi dar uma geral no apertamento.
    Sobre esse pessoal que deixa de pagar e se manda, pode deixar que logo farei um texto sobre isso. Vai ter muita gente tacando pedras, mas a verdade dói...
    Quero ver até quando vou aguentar fazer essas caminhadas. Hoje devido a chuva de balde nem deu pra sair :(
    Cumequié? Grávido?! De quantos? Brincadeira, mas quando sua balança o ponteiro só vai pra cima ou começa a gritar socorro, a coisa está feia...
    Quanto ao apertamento, depois do GW eu vou dar outra espiada.
    Beijao!

    ReplyDelete
  6. Está muito engraçado seu post de hoje. Em outras partes está bem informativo. Vc estava cheia de assunto, hein? Achei de suma importância esse toque sobre estar com as contas em dia. Só assim a gente pode dormir tranquilo.

    ReplyDelete
  7. Elisa, e olha que eu nem estava muito inspirada pra postar. Mas a informação de dívidas e consequências, muitos estrangeiros que aqui moram não sabem.
    Prometo pesquisar a fundo, pois, como disse em um post no passado, hoje os blogs têm a função também de transmissão de informações de utilidade pública.
    Beijos!

    ReplyDelete