Sunday, June 13, 2010

Fofoquinhas, Troca de Informações Inúteis, Nada a Declarar (mas que todo mundo gosta de ler, isso eu sei)

Feliz dia dos namorados pra quem é econômico nas moedas mas generoso no coração!

Pois é, pessoal, a leitoa rosada e lesada volta aos poucos a programação normal. Uma das coisas que sempre falo que preciso repaginar é o leioute deste sítio. Até sugeriram mudar de nome, porque logo logo falar de Yokohama que é bom, nada. Realmente, preciso mesmo.

Ah, sim. Dia 12 de junho, dia dos namorados no Brasil. Aqui, já o fizemos nos dias 14 de fevereiro e 14 de março. Os brasileiros que aqui residem, se comemoraram as duas datas, uma terceira, dependendo de quem for, vai deixar o piggy bank na falência e cheio de esparadrapos...

Como sempre, as informações inúteis que povoam este sítio (daquelas: não tem o que falar mesmo), mas eu sei que muita gente gosta. Ou não.

O Funcionário (Temporário?) do ano: Quem lembra do post que falei que o agora o ex-premiê Yukio Hatoyama pediu as contas, quando preparei a matéria pra ser publicada (confesso: preparo alguns até uma semana antes), ainda não sabiam quem seria o louco... ops, o candidato a cadeira (elétrica) no Parlamento. Logo depois, um dos meus atuais frequentadores do sítio, o MP Kouhaku informou-me que o ex-ministro das Finanças Naoto Kan (菅 直人 , como se escreve aqui) assumiu o difícil e espinhosa tarefa de comandar o arquipélago. Desde Junichiro Koizumi, já é o quinto Premiê em quatro anos! Quem durou mais foi Yasuo Fukuda, com 366 dias no cargo...

Kan manteve quase o mesmo ministério que Hatoyama havia escolhido (veja aqui, em inglês). Uma das alterações feitas foi convocar a ex-modelo e ex-reporter e hoje era da Câmara Alta do partido Democrático, Renhou Murata. Quem acompanhava a alguns programas de TV na parte de política, ela aparecia sempre criticando sobre gastos excessivos dos cofres públicos. E acabou sendo chamada para ser ministra da Reforma Administrativa...

Até quando vai durar? Veremos.

Forma cruel de arrancar mais dinheiro do trabalhador: Trabalhei num escritório de contabilidade para pagar as despesas da faculdade, e vou dizer (se não mudou muita coisa, pois já fazem mais de vinte anos): como no Brasil paga-se imposto pra tudo: imposto sobre consumo, imposto de renda, imposto sobre produtos industrializados, imposto residencial, taxa de nem me lembro mais, pois era tanta papelada que eu tinha que preparar para que os comerciantes pagassem. E achava o fim da picada isso. Bem disseram que o país que talvez tivesse mais impostos seria o Brasil. E olha que aqui o imposto sobre consumo, os 5% sobre o valor da compra, já vem cobrado na nota fiscal (já tenho o imposto residencial descontado no meu salário, nem dando tempo pra sentir a dor). Agora, alguns parlamentares não satisfeitos em arrancar dinheiro alheio no país, resolveram criar uma emenda de lei 559/10 que cobraria uma taxa de 2% nas remessas efetuadas ao Brasil.

Já não basta na hora da gente fazer a remessa já ter uma cobrança de taxa (até aí até entendo porque vai fazer uma transferência internacional), nossos familiares dependendo desta quantia para pagar justamente esse monte de imposto que o governo cria e agora mais essa?!

Para quem não está por dentro, ouçam o NipponCast, do pessoal da Portal Nippon, que vão entender e como a revolta de, se não, todos que estão no exterior. E aproveitem para deixar seu comentário lá, que no próximo NipponCast, o pessoal ficará agradecido.

O Programa 24 Hour Television 2010: Vamos falar de coisas boas, amenas e com fins filantrópicos. O programa anual mais visto (talvez perca pelo Kouhaku Utagassen, né), o 24 Hour Television, este ano terá a apresentação do quinteto TOKIO (formado por Shigeru Joshima, Tatsuya Yamaguchi, Taichi Kokubun, Masahiro Matsuoka e Tomoya Nagase). Todo ano, sempre um grupo musical, ou apresentadores, ou atores, fazem a apresentação do programa, participam, visitam entidades filantrópicas, seja de pessoas especiais ou idosas. O quinteto TOKIO já é a terceira vez que participa do programa, sendo que na primeira vez, Yamaguchi foi quem fez a "Charity Marathon", ou seja, fazer o percurso de 150 quilômetros dos estúdios da Nippon TV até o Budokan (ou Tokyo Big Sight) do início ao fim do programa.

Este ano, quem vai fazer a maratona será a... o... ah, que seja, a vencedora do Miss International Queen que houve na Tailândia - Ai Haruna. Sim, a tarento que mudou de sexo e hoje participa de muitos programas de variedades. Só que eu não sabia que Haruna está com 37 anos. Fiquei sabendo na semana passada, enquanto assistia ao "Sukkiri!", que passa na Nippon TV (eu intercalo com o Mezamashi) e já avisaram a Haruna que não é pra exagerar nos make-up que costuma fazer senão a maquiagem vai derreter. Mas ela já avisou que vai ser coisa leve. Gambare!

E as cabeças... ops, as bolas vão rolar em campo: Quem me conhece, sabe que eu pra futebol sou um zero à esquerda, mal assisto aos jogos da Copa e só torço pro Tricolor Paulista disputar a Libertadores aqui. Mas a Copa do Mundo de 2010 já começou na sexta-feira, dia 11 de junho e no jogo da estréia, empate entre os anfitriões (Africa do Sul) e o México. E quem pensou que o jogo do dia 12 com Uruguai e França, a coisa ia ferver...

Detalhe: esta já é a quarta Copa do Mundo que passo longe de casa. No twitter acho que falei errado pra nem lembro quem e falei que era a terceira. Esqueci da Copa da França, de 1998, logo que cheguei aqui. A de 2002 foi perto de casa e tá que ingresso a gente conseguiu. A de 2006, nem te falo, estava trabalhando e a gente ficava com um olho na TV e outro no trabalho. Quero só ver a de 2014, se é que até lá estarei de volta.

Mas tudo o que é evento, quando junta muita gente de diversos países, dá nisso: troca de elogios (tal como os argentinos com os brasileiros), muita contusão, suspeitas de doping, até discussões calorosas entre os próprios jogadores do mesmo time... E se o time leva a taça, o técnico vira o herói, mas se perde, das duas uma: ou pede as contas ou vira vilão de vez.

As vendas de iPad e agora iPhone 4G... Quem ficou na fila para garantir seu iPad (mais conhecido pelos desafetos como iPod de Itu), que acabou rapidinho mesmo para quem reservou, agora outra fila para reservar (leiam bem: reservar) o iPhone de quarta geração, com direito a usar o videocall usando sistema hi-fi. Sempre assim: cada ano que passa, os aparelhos mudam. Perguntaram pra mim porque eu não troco o meu por um destes. Pra falar a verdade, eu sou meio purista para essas coisas, ou seja: sou fiel a uma marca só...

Mundo Disney nas Páginas da Elle Espanha: Uma dos assuntos mais difíceis de eu abordar neste sítio seria moda. Mesmo sabendo que aqui, o pessoal faz uma misturança de estilos que andando em Shibuya ou Harajuku, passa batido (mas bem que a gente não consegue deixar de reparar), é coisa rara eu postar algo sobre moda pois existem sites pra isso e quem me conhece pessoalmente, sabe que pro trabalho é calça e camisa sociais e off-work geralmente uso jeans básico e camiseta (quanto não muito vestidos), quase não acompanho o que tem de moda no momento. Juro.
Na coluna dos sites (que ninguém vê, eu entendo), tem um site sobre animações, chamado "Cartoon Brew" e numa destas minhas navegadas, eu li uma postagem que achei interessante e até mesmo curiosa que a revista Elle da Espanha fez sobre os estilistas famosos "encarnando" os personagens da Disney (ou seria o contrário?). Imaginem Pato Donald como Marc Jacobs e Jean-Paul Gaultier, o Lobo Mau como Karl Lagerfeld, Gastão como John Galliano, Maga Patalogika como Nathalie Rykiel, Margarida como Donatella Versace, Mickey e Pateta como Dolce e Gabanna e Gansolino como Alber Elbaz... Enfim, uma boa e caridosa alma, teve o trabalho de escanear a revista contendo os desenhos feitos por Ulrich Schroder. O post está aqui e os desenhos aqui.
Fotos que ilustram o post de hoje, procurados via seo gugol (o porco branco), Sankei Shimbun (Ai Haruna) e no Cartoon Brew.

4 comments:

  1. Governo Kan Naoto: Se durar mais do que o um ano e um dia de Fukuda Yasuo, o Kan já pode se considerar vitorioso. Pelo o que li em alguns jornais, o novo primeiro-ministro é dono de um temperamento irascível, o que pode ser um tremendo combustível para crises de gabinete. E os problemas do Japão são graves: A dívida pública é o dobro do Produto Interno Bruto, a economia está absolutamente estagnada e a previdência social japonesa se aproxima de um colapso porque a taxa de natalidade é baixíssima (resumindo: Poucas pessoas contribuindo para pagar muitas aposentadorias). Esse é o tamanho da encrenca que o Kan Naoto arrumou.

    IOF japonês: Gostaria de saber mais sobre o sistema tributário japonês, e o que justifica esse imposto de 2% sobre remessas internacionais.

    24 Hour Television: 150 quilômetros são 3 maratonas e meia. Espero que a Haruna Ai esteja treinando duro para esse desafio.

    Copa do Mundo: #Calabocagalvão bombando no Twitter, e o mundo querendo saber. E até agora, quem apresentou o futebol mais redondo foi a Coreia do Sul, que venceu a Grécia e convenceu. França X Uruguai foi horroroso, reclamaram tanto da bola que nesse jogo foi a bola que saiu reclamando. E hoje o goleiro da Inglaterra engoliu o frango do ano. Para os ingleses, era melhor naturalizar o espanhol Almunía, goleiro do Arsenal e sem espaço na "Fúria Roja" de Casillas, Pepe Reina e Victor Valdés.

    ReplyDelete
  2. MP Kouhaku, se o governo de Kan Naoto durar 367 dias, será um recorde mesmo. E além do temperamento irascível e antiburocratico, pegou realmente um tremendo d'um abacaxi pra descascar...

    Ah, sim: aqui, tudo que se compra (exceto os cigarros), está incluso o imposto de 5%, que seria sobre consumo e produtos. Desde que estou aqui, sempre falaram que era obrigatório e dependendo de onde compra, o produto já tem a porcentagem inclusa. Alguns, cobra-se na hora de pagar, o que alguns brasileiros acostumados a carregar a calculadora, já chegaram no caixa faltando justamente a quantia dos 5%...
    Quanto ao imposto de 2% sobre remessas, é no Brasil que estao querendo descontar. Isto é, a remessa chegou no banco no Brasil, já descontaria 2% para fins de beneficiar, segundo dizem, ilegais que estariam no país.
    Se jogar no gugol Emenda de Lei 559/10 vai entender a revolta de muita gente.

    Quanto ao fato da Haruna correr os 150 quilometros, eu nao sei se vao poupá-la e deixar para fazer 100 quilometros. A Imoto Ayako so fez o equivalente a tres maratonas e pouco pois dado-se a fama de correr muito, como no programa "Itte Q!". Mas que Haruna vai ter que malhar, isso vai... rs

    Abraços!

    ReplyDelete
  3. É verdade, aqui no Brasil temos impostos demais. Eu que o diga já que sou uma pequena empresária que paga horrores todo mês...rsrsrs...
    E adorei essa matéria da Disney!

    ReplyDelete
  4. Respondendo tudo atrasado (voces sabem meus motivos...):

    Desabafando, chegou a acessar o site que contem o artigo devidamente escaneado? Ficou um trabalho muito bonito, a Margarida como Donatella Versace ficou show! rs
    Beijao!

    ReplyDelete