Wednesday, April 16, 2014

Sakura



E' inevitável, mas toda primavera eu acabo fotografando muitas árvores com suas flores de cerejeiras (sakura). Muita gente diz que é tudo a mesma coisa, todo ano é igual. Pode ser. Mas existe algo nessas flores que nos faz atrair e ficar contemplando em silêncio, e querer passar o dia todo fazendo piquenique debaixo dessas árvores.

Rio Yanagawa, perto do parque do mesmo nome. Fica no centro da cidade de Kisarazu, indo para a estação。Quando eu passei neste trecho, algumas pessoas estavam fazendo piquenique debaixo das árvores, o famoso "hanami" (literalmente "ver as flores")


Mais cenas - pra verem como a flor de cerejeira é delicada (nota: peguei a flor que tinha caído no chão, ok?). O rio Yanagawa, que fica paralela à avenida que vai para a estação de Kisarazu. Estas eu fotografei perto da cafeteria Brazil-ya, que fica do outro lado do rio.
Fotos: da própria autora, na cidade de Kisarazu (Chiba). Detalhe inútil: todas elas foram fotografadas do celular, por isso a qualidade está aquela maravilha (sqn) e no dia que fui no Tokyo Dome, ver o artista Masaharu Fukuyama em ação.

Thursday, April 10, 2014

Fukuyama Masaharu WE'RE BROS. TOUR 2014 HUMAN (Tokyo Dome, 6 de Abril de 2014)



No último dia de sua apresentação que faz todo final de ano, o "Fuyu no Daikanshasai", no Pacifico Yokohama, Masaharu Fukuyama anunciou para o público presente (e no dia seguinte nos noticiários) sua turnê nacional, sendo que seria a primeira vez que faria nos cinco Domes (o famoso "Five Dome Tour"), mais três shows no Saitama Arena, repeteco no Kyocera Dome e... a primeira vez que fará show no exterior (Taiwan e Hong Kong).

Sunday, April 06, 2014

Discoteca Básica do Empório: Masaharu Fukuyama ~ "HUMAN"



(Falar do Masaharu Fukuyama aqui neste Empório é chover no molhado, mas como se trata de um álbum que valeu a pena esperar cinco anos para ser lançado...)

Friday, April 04, 2014

Se resolvesse...

"Ficar com raiva não resolve nada. Bem, se resolvesse, ficaria p... da vida o tempo todo."


Sabe aqueles dias em que tudo dá errado pra você, desde a hora que você acorda até a hora de (tentar) ir dormir? Pois é, todo mundo tem e ninguém pode negar (se alguém disser que nunca teve um dia assim, ou é mentiroso ou é masoquista).

Wednesday, April 02, 2014

ZERO Shashinten 2014 / Ohmura Katsumi

Um dos cartazes da exposição, com as fotos recentes de Katsumi Ohmura feitos para o News ZERO

Fotojornalismo é um tema que me atrai e quando descubro alguma exposição do tipo, eu tento arranjar tempo pra ir. Digo isso, porque atualmente eu tenho mais folgas aos domingos que nos dias de semana... E se a exposição for fora do eixo Tóquio-Kawasaki-Yokohama, é caso pra eu pensar vinte vezes. Por causa da distância, claro.

Thursday, March 20, 2014

2:46

Quando menos esperamos, já se passaram três anos.

Três anos que aquela tarde nublada tornou-se negra.

Três anos que transformaram as vidas de uma região toda e, - porque não? - o mundo.

Por muito e muito tempo lembraremos da tragédia, mas que da tragédia, aprendemos muitas lições e ainda existem outras a serem aprendidas.

Por algum tempo, após a tragédia, ficamos entre o medo, a dúvida e desespero, mas logo que percebemos que isso não levaria a lugar algum, tratamos de moblizar, seja de que forma for.

Embora ainda tenhamos muito a fazer, o fato de estarmos voltando a viver normalmente, sabemos que a vida tem que continuar.

E sempre.


Nota: era para ter postado no dia 11 de março, mas... O título seria o horário em que começou o tremor em Tohoku, 3 anos atrás.

Thursday, February 27, 2014

Instagrando por aí... [2]

Realmente, depois que instalei o dito aplicativo Instagram, toda vez que eu saio, acabo fotografando e compartilhando pra meio mundo aí. O chato é quando tem umas alminhas semiperdidas que comentam simplesmente pedindo na maior cara de pau sem óleo de peroba "me segue de volta?" (Aí depende de cada caso, né.)

Voltando...

Na verdade, eu precisaria explorar MUITO mais sobre este aplicativo de celular, ainda mais que eu vejo cada foto que nem parece ser fotografada por um simples aparelho celular. E confesso: não sei direito quantos megapixels meu aparelho possui, e suas funções são simples. Claro que existem outros aplicativos que podem incrementar, melhorar a foto (quando eu lembro, eu uso o Decopic, sugestão da Gesiane), mas eu sei que existem pessoas que bateu o olho, gostou, clicou e a foto sai impecável.

Recentemente, quando fui para Tóquio, aproveitei que estava por lá mesmo e andei fotografando alguns prédios, porque alguns possuem uma arquitetura tão elaborada que muitas vezes me pergunto de onde vem a inspiração.

Detalhe: as fotos foram em Shinjuku, perto do prédio onde fica a prefeitura da metrópole.

O primeiro seria o Shinjuku Center Building, um pouco depois do famoso prédio The Coccoon. O segundo, sede da seguradora Sompo Japan, talvez muitos já tenham visto em muitas fotos no google. O terceiro, na parte externa do prédio Shinjuku Center Building, onde encontramos alguns restaurantes, lojas diversas e a galeria da Ricoh onde foi feito a exposição de fotos News Zero. Ao fundo, o prédio do governo da área metropolitana de Tóquio. O quarto, ao fundo, o famoso The Coccoon, onde fica a escola de artes e computação gráfica - Mode Gakuin/HAL Tokyo.

Aos poucos vou tentar montar as fotos e ir publicando na medida do possível.

Fotos: todas da autora, que bem que tenta fazer o possível com um celular cujas funções de foto são bem simples.

Sunday, February 23, 2014

Mimachi Doori ~ Kisarazu City

Faz um bom tempinho que eu não posto absolutamente NADA da cidade onde agora estou residindo. Um ano, pra ser mais exata.


Sunday, February 16, 2014

Quando se cai neve duas vezes na mesma semana...

Semana passada, acabei ficando dois dias de cama por conta de um forte resfriado que causou-me 38 graus de febre. Felizmente não era influenza, mas que me deixou sem ânimo de fazer alguma coisa, isso foi. E na semana passada, todos os noticiários estavam avisando que dia 8 de fevereiro estava previsto nevar na região de Kanto.

Saturday, February 15, 2014

Piggy Sakura Ouve: Arashi ~ "Time"



Pra muita gente, um dos melhores álbuns (e uma das melhores turnês) que o quinteto Arashi fez em quase quinze anos de carreira. Quem acompanha desde o debut, percebe que o estilo das músicas muda gradativamente a cada álbum - misturam sem dó nem piedade um bubblegum pop, hip-hop, rap, baladas, techno e batidas usando sampler. E essa mistura agrada muita gente (mas em contrapartida acaba fazendo outra metade descer o cacete, daqueles de baixar o nível mesmo).

Saturday, February 08, 2014

Quarenta e Cinco Anos e... Impossível acreditar!!!


Não sei muita gente, mas todas as vezes que vejo o cantor-compositor-produtor-ator-fotógrafo-e-tudo-mais-um-pouco Masaharu Fukuyama aparecer em comerciais (seja da cerveja Asahi Super Dry, seja dos pneus Dunlop, ou algum produto relacionada dos eletrônicos Toshiba) ou algum evento ou até mesmo em shows, eu custo a acreditar que ele já entrou na casa dos quarenta e cinco anos!

Saturday, January 25, 2014

32


Dia 25 de janeiro, para muita gente normal, seria um dia como qualquer outro no calendário; para os paulistanos, a cidade de São Paulo completa mais um aniversário de fundação (neste presente ano, ela completa 460 anos!); agora, para quem gosta de j-pop (incluindo a que vos posta), esta data o newscaster, rapper, ator, cantor, economista, membro do grupo Arashi, Sho Sakurai, completa 32 anos. E', leram certo. Trinta e dois anos.

Wednesday, January 22, 2014

A Obrigação de Não Dizer Nada

★ Certa vez, por eu ter comentado de um determinado assunto via twitter com outra amiga minha, não demorou muito para que eu recebesse via twitter mesmo um link contendo um post a respeito do que eu havia comentado. Nem cheguei a ler o post, mas quem leu, mandou mensagem para mim no meio da madrugada pedindo para que eu não o lesse. Até hoje nem sei o que se tratava, e acho que tampouco vou querer saber. Em termos o erro foi meu em não ter comentado no reservado, mas em outros termos, a gente não pode dar nosso ponto de vista?

★ Mal de pessoas que nascem sob o signo de Leão: elas são orgulhosas. E inflexíveis em suas opiniões. Acredito que por isso virei persona non grata em algumas comunidades e blogs devido a algumas opiniões que eu tive...

★ Falando em persona non grata: existem blogs e foruns que não posso mais comentar, sob a probabilidade enorme de ter meu comentário 1) ser retrucado por um anônimo que eu tenho uma grande desconfiança de quem seja e/ou 2) ser deletado. Especialmente quando o assunto envolve doramas e um certo quinteto que eu gosto.

★ Estou evitando o máximo que posso em comentar sobre certos assuntos no FB. Levei uma resposta pra lá de mal educada de uma pessoa quando eu justifiquei o meu ponto de vista sobre diferenças de estilos de cada grupo musical (não vou mencionar, apesar que, quem me conhece MUITO bem vai logo de cara saber de quem se tratam). Em breve, mas breve mesmo, irei deletar. Não minha conta do FB, mas as pessoas que já estão ficando inconvenientes. Bem, não sei porque até hoje não fiz isso.

★ Para que não perdessemos a chance de mudar de emprego (e melhorar de vida também), sem hesitar, vendi para uma loja que compra e vende produtos de segunda mão, três CDs duplos dos Beatles ("Live at the BBC", e as duas coletâneas "vermelha" e "azul"), dois CDs do Arashi ("Here We Go", edição regular e "5X10", edição regular) e três DVDs ("CxDxG", os dois volumes, e "Around Asia 2006", o duplo), para conseguir fundos o suficiente para que eu e namorido fossemos até o escritório para assinar a confirmação do novo emprego. Sim, eu estava num estado de desespero para cair fora do emprego anterior e namorido desempregado porque foi enganado do tal emprego.

Se eu não tivesse feito isso, jamais conseguiria ter recuperado 50% do que eu havia vendido, nem ter ido a eventos como vou hoje e tampouco ido ao cinema e shows. E não estaria melhor como estou hoje. No sentido de menos estressada.

★ Eu DETESTO quando tem gente que fala que "sambo na cara da sociedade" quando posto algo que comprei/ganhei/gostei/whatever for hell. Se eu comprei, foi com meu esforço. Se ganhei, porque eu mereci. Se gostei, deixa compartilhar porque vai que tem gente que gosta também. Mesmo porque sou mal em dança. Oras...

★ Outra coisa que eu ODEIO é quando entro no FB e me deparo com fotos de gente e/ou animal estropiado e aquela pergunta (maldita): "Quantas curtidas essa pessoa merece?" Da próxima, eu juro que deleto a pessoa que me passou isso (nem vai ser nem a foto, vai a pessoa junto). Mesmo se for parente meu. Assim vale para aqueles jogos também. Enviar dinheiro, passagem de avião pra Europa,  e fotos de comida, Beatles, Masaharu e Sakurai que é bom, ninguém faz, né?

★ O que eu acho estranho que, quando comento que consegui ingresso pra show/evento/filme de artista x, y ou z, a maioria faz pouco caso. Ok, tudo bem. Mas quando comento que consegui ingresso para show/evento/filme de um artista de popularidade a nivel nacional, etc., a maioria pergunta como consegui, se eu sou associada, se eu não andei comprando em sites clandestinos, se dá pra comprar isso, se dá pra tirar foto...

E é por essas e tantas que, muitas vezes eu perco o ânimo de entrar nas redes sociais, comentar, e postar. Inclui aqui neste lugar e no segundo blog que eu tento administrar, mas só não desisto de vez porque sei que existem pessoas que podem pensar quase o mesmo que eu e que eu tenho uma boa frequência nos comentários. Certo que vez ou outra podemos discordar, mas sempre chegamos a uma mesma conclusão. Não sei vocês, mas para mim seria uma grande injeção de ânimo nessa vida às vezes dura.

Friday, January 17, 2014

Aquisições em Dezembro...

Dezembro, mês que realmente muita gente acaba estourando no orçamento. Inclui aqui a pessoa que vos posta. Claro que esse estrago eu faço depois que pago as contas, porque seria muita cara de pau de minha parte eu ficar gastando por aí e não pagar as contas que todo santo mês tenho que pagar (telefone, internet, imposto...).